sua casa, sua autobiografia.

por em Inspiração

Um dos temas que vou abordar na minha palestra no Airbnb Open em San Francisco é sobre como uma casa pode ser sua autobiografia. Especialmente para quem hospeda pessoas, quando se tem objetos que representem interesses e personalidade, as chances de atrair os viajantes certos aumenta muito. Além disso, cada coisinha tem sua história pra contar. 🙂

Muitas pessoas que me visitam perguntam sobre como decorei minha casa, então, vou contar um pouquinho. As fotos lindas foram feitas em uma tarde agradável com meu amigo fotógrafo Bruno Claro (que tem este lindo tumblr).

Pra começar, eu não gosto de espaços vazios ou brancos.

slide 00 copy
Este estandarte comprei na Chapada dos Veadeiros.

Adoro bandeirinhas, são baratas e dão um toque de humor. Esse abacaxi é de loja de 1,99. Recentemente comprei esse sofá-cama. Eu queria um que fosse colorido, bonito, confortável e barato. Impossível. Optei por barato e confortável e joguei esses tecidos em cima. A colcha comprei na Bahia numa loja tipo China por 14,99.

IMG_8119 copy
Tanto a mesa de centro, quanto a amarelinha, foram doações de pessoas que estavam se desfazendo. (Obrigada Coca e Ana!). A rede branca não cabia na casa de um amigo, que também me presenteou.

Sou a maria-aceita-doação, por isso, fui mobiliando a casa aos poucos com coisas que os outros não queriam mais.
Eu tava sem grana pra emoldurar coisas quando mudei, então, decidi colocar objetos na parede, tipo cinzeiro, chaves, etc.

slide 20 copy

Aqui tem quadro cheio de cupim que paguei 10 reais, presente de Olinda, presentinhos da Tailândia, vaso pintado pela amiga e umas plantas que peguei na rua também.livre 2 copy

Na sala eu gastei apenas com o sofá. Na cozinha investi um pouco mais, quando escolhi mesa e cadeiras destruídos e mandei reformar com as cores que eu queria. O quadro foi presente de NY do Ju. A geladeira foi assim: um senhor morreu, e o filho dele deu de presente pro meu pai em retribuição a um favor. Eu proibi que essa geladeira fosse de outra pessoa. livre copyPresente da primeira pessoa que morou comigo na vida. <3
slide 18 copyA máquina de escrever representa muito pra mim. Meu avô aprendeu a ler sozinho e sempre teve livros ao seu redor e uma máquina maravilhosa. Minha mãe se tornou professora, e eu, redatora. : )
slide 18 ou 19 copyUma super 8 lindeza.
slide 26 copy As malas foram as primeiras coisas decorativas que comprei na vida. Achei em um brechó de uma senhora muito doida, que me vendeu por 15 reais cada uma. Não tem outro jeito senão fuçar, quando você não tem dinheiro.slide 33- da pra escrever na parede copyE provavelmente daqui 1 ano estará bem diferente, gosto de variar minha casa conforme meu humor e as minhas fases. : )

Comentar via Facebook

Comentar via Blog