Deletar é um delato.

por em Textos

caminhei pela sombra, andei escondido

silenciei minha voz, deletei arquivos

apaguei a luz, ceguei os sentidos

fechei os olhos, tapei os ouvidos

achei você, esqueci de mim.

saí de cena, encostei a cortina

abaixei o som, aceitei a sina.

 

andei na sombra, dei voz aos ouvidos

ceguei os olhos, esqueci os arquivos

achei o caminho, ouvi os sentidos

deletei você, saí de mim.

Eylül Aslan
Eylül Aslan
Eylül Aslan
Eylül Aslan

Comentar via Facebook

Comentar via Blog