Fotografia

Está chegando o 16º Festival de Arte Serrinha – (do ladinho de SP)

por em Eventos, Fotografia, Geral, Inspiração, Lugares

Eu confesso, ainda não fui. Mas finalmente, esse ano terei a oportunidade de conhecer o Festival de Arte Serrinha, que acontece desde 2002 no bairro da serrinha em Bragança Paulista, mais ou menos 90 km de São Paulo. O festival dura três semanas do mês de julho, promovendo uma imersão artística na natureza em oficinas, vivências, residências, shows, performances, palestras, teatro, cinema e exposições de arte. 

A programação cultural é intimamente ligada com a preocupação com a região da Serrinha, e os criadores do Festival compartilham o sonho de estabelecer relações mais humanas, criativas e respeitosas entre as pessoas, as culturas e as paisagens.

Area da Serrinha
Area da Serrinha

A Fazenda Serrinha é onde acontecem as oficinas, debates e performances. Propriedade de café centenária, é reconhecida como reserva ecológica particular e abriga um parque de instalações.

Eu-te-como_Aguilar_foto-Fabio-Delduque festival-de-arte-serrinha

Trecho do livro Arte Serrinha :Transforma-se o espaço, mudam as pessoas – e o mundo. Em uma década de festival, o alcance físico parece pequeno, mas o eco é profundo. As gotas borrifadas pelo regador da Serrinha evaporam e voltam como o orvalho, renovando nosso alívio a cada dia. Aqui se descobre o que é evidente, embora não sem espanto: que a vida é arte.”
serrinha-em-alta-657

capa-site_3Sente a energia: DSC_0113 IMG_0372-2 IMG_0735
Screen Shot 2017-06-14 at 2.30.09 PM serrinha-81Lista dos espaços onde o Festival acontece:

Galpão Busca Vida: Sedia a programação musical. Fica num sítio da região onde, desde 1998, a antiga leiteria funciona como pizzaria, cachaçaria e casa de espetáculos. A decoração, que manteve elementos do sítio, é altamente cênica e aproveitou-se de partes de cenários de teatro, antiguidades, obras de arte. Nasceu ali a cachaça Busca Vida, famosa no Brasil inteiro.

screen_shot_2015-05-21_at_11.05.16-

Teatro Rural –Fica no Sitio Santo Antônio, próximo ao Galpão Busca Vida. Com apenas 60 lugares e construído com materiais reciclados, foi idealizado por Carlos de Oliveira, mesmo proprietário do Galpão Busca Vida, como alternativa cultural para a comunidade da Serrinha. Aqui, durante o Festival, acontecem algumas peças de teatro e apresentações musicais.

Teatro RuralCasarão Dois Irmãos – O Casarão Dois Irmãos ocupa a sede do antigo Sítio Dois Irmãos, na entrada do bairro da Serrinha. Após anos de abandono, em que boa parte do sítio foi loteado, o Casarão há cerca de dois anos vem sendo restaurado e reocupado por parceiros. Através de projetos de arte e educação ele se abre para a comunidade como centro cultural e espaço de vivências e de experiências diversas.Casarão Dois Irmãos Água Comprida – Bairro vizinho à Serrinha, que vive um intenso processo de urbanização, a Água Comprida sedia, desde o início das atividades do Festival, um programa de oficinas educativas gratuitas para a comunidade. Além do viés cultural, as atividades procuram restabelecer ligações entre a comunidade, suas raízes históricas e meio ambiente.

Água Comprida Ateliê Siriema e João de Barro – No alto do morro, com linda vista para a represa, o Ateliê Siriema e João de Barro é um novo espaço de arte no bairro da Serrinha. A proposta é promover projetos relacionados a cerâmica, já que abriga um forno de inspiração japonesa “Noborigama”. Trata-se também de um centro de convivência, que acolhe outras linguagens artísticas.Ateliê Siriema e João de BarroCine Rancho – Este espaço funciona numa pizzaria que funciona dentro da Fazenda Fortaleza, próximo a Piracaia. Ali, nas noites de sextas e sábado do Festival, realiza-se um ciclo de cinema nacional. As sessões são seguidas de bate papo com os diretores. O lugar tem sofás, redes e aquecedores à lenha.Cine Rancho

::

Screen Shot 2017-06-28 at 4.44.13 PMFestival Arte Serrinha

Quando? 03 a 30 de julho.

Tema: “De quem é essa terra?”, o evento vai investigar noções de pertencimento e conceitos de território.

As inscrições para as oficinas estão abertas. Saiba mais clicando aqui

As fotos de Can Dagarslani.

As fotos de Can Dagarslani.

por em Fotografia

Fotos são refrescos para os olhos. Mas, no geral, ando achando tudo tão a mesma coisa. Fotos de mulheres, a luz do sol que bate no corpo, melancolia e corpos solitários. Meu flickr tá todo meio assim. Mas aí achei as fotos do Can Dagarslani e ficou tudo bem de novo.

Magia do sexo por Sarah Anne Johnson.

Magia do sexo por Sarah Anne Johnson.

por em Fotografia

Momentos de foco e concentração são capazes de nos transportar deste mundinho ordinário. Coloque uma boa música e perceba o que sente. Repare como seu corpo, respiração e mente reagem ao som. É mágico. Talvez a meditação possa causar o mesmo efeito, não sei, porque não medito. E o sexo também é capaz de nos […]

o preço que se paga – exposição na rua.

o preço que se paga – exposição na rua.

por em Geral, Inspiração

Entre tantos convites estúpidos de eventos que eu nunca vou levantar a bunda da cadeira para ir, recebi este convite querido-agradável chamado “O preço que se paga”.  <<aqui clique. Giordano Maestrelli e Vitor Caldas decidiram expor suas fotos neste sábado ali na Rua XV de Novembro, em frente ao Palácio Avenida. “Nós amamos a ideia de viver […]

Ela inventou uma profissão: arqueolojista.

Ela inventou uma profissão: arqueolojista.

por em Inspiração, Viagem

A portuguesa Maria Miguel Pereira é um desses seres que nos enche de inspiração. Ela é jornalista, fotógrafa, linda e arqueolojista. Quê? Sobre sua invenção inventada, ela define que arqueolojista é “pessoa apaixonada por lojas antigas que se dedica à caça, descoberta e catalogação dos achados do comércio tradicional.” Mami Pereira gosta é de bater perna […]

A terapia do autorretrato por Alexis Mire.

A terapia do autorretrato por Alexis Mire.

por em Geral, Inspiração

“Self Portrait Therapy”. Esse foi o nome de uma série de autorretratos que a fotógrafa Alexis Mire postou em seu portfólio. Acho que não poderia existir um nome melhor, afinal, tirar fotos de si mesmo pode ser uma boa terapia. De modo geral, nos observamos pouco fisicamente. Não sabemos como nossos lábios se movem ao receber uma […]

75 parisiennes.

75 parisiennes.

por em Inspiração, Viagem

Durante seis anos, Baudouin fotografou 75 mulheres parisienses. Cada retrato é uma pequena autobiografia, já que o ambiente em que vivemos diz tanto sobre nós. No geral, não gosto de moda, mas essa liberdade de expressão encontrada nos estilos me deixa fascinada. Ai, França, ainda vou até você. Uma música para combinar: Les Nuits Parisiennes do […]

Let’s Travel Somewhere.

Let’s Travel Somewhere.

por em Geral, Inspiração, Viagem

Faz dois dias que estou passeando pelo site Let’s Travel Somewhere. Entra lá, escolha o lugar do mundo que você quer e se delicie com as fotos. Além disso, o site é muito bonito e super bom de navegar. Boa viagem. Turkey- Alessandro Rocchi Dica do Hugo Albonete, obrigada.

Mínimo.

Mínimo.

por em Geral

O fotógrafo Henrique Schaefer produziu uma série de retratos, chamada Mínimo.  Ele buscou pessoas com olhos grandes e fez fotos parecidas com as 3×4. E inspirada nessa série, ele ainda fez um vídeo com as pessoas “se libertando” de seus retratos. Olha que legal: [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=8u3e9UGkK28&feature=player_embedded[/youtube] Encontrei esse projeto lá no no blog da querida Melina, que foi uma das […]

Interpretações.

Interpretações.

por em Geral, Inspiração, Textos

Adeus pode ser até mais. Um não pode ser charme. Talvez pode ser 60% de sim. E até silêncio, que não diz nada, quer dizer muita coisa.  >> >> >> >> >> >> >> >> >> >>>> >> >>  >><< << << << << << << << << << << << << Cada palavra que dizemos […]

The New Revolutionists.

The New Revolutionists.

por em Geral, Inspiração

O que faz de alguém revolucionário? Falando de mulheres, elas podem ser artistas, médicas, mães, fotógrafas, amigas. Pode ser qualquer uma que esteja lutando para acabar a fome no mundo ou simplesmente fazendo o bem para a sua vizinhança. Essa é a ideia do The New Revolutionits,  projeto da Laura Burhen que mostra retratos de mulheres […]

A sensibilidade dos fotógrafos cegos.

A sensibilidade dos fotógrafos cegos.

por em Geral, Inspiração

Semana passada, o blog With Little Sound da Amy Hildebrand saiu em tudo quanto é lugar. Ela é uma fotógrafa que nasceu cega por causa do albinismo, e acho que a sua limitação visual a deixou muito mais sensível para fotografar. Além de Amy, existem outros fotógrafos que se destacaram, como o Kurt Weston, Pete Eckert e […]

São Paulo, São Paulo.

São Paulo, São Paulo.

por em Geral, Inspiração, Viagem

SP me deu a vida, minha família e muitos amigos. Me deu de presente shows, arte, cultura, bagunça, cervejas, rock, comida boa, aventuras e mil alegrias. Morei lá até os meus 3 anos e depois vim parar em Curitiba. Mas, todas as vezes que eu estou chegando na terra gigante, eu fico emocionada. Acho que temos […]