São Paulo

EDIFÍCIO MARTINELLI – seu próximo passeio (de graça!) em São Paulo.

por em Geral, Inspiração, Lugares, Viagem

São Paulo sempre fez meu coração bater mais forte, até porque, é o lugar onde nasci e passei todas as minhas férias até a adolescência. Depois de adulta, passei dezenas de finais de semana, sempre tentando visitar o máximo de lugares possíveis. Na minha lista, estava o Edifício Martinelli. Porém, como as visitas são abertas apenas dias de semana, só consegui finalmente realizar minha vontade há poucos dias.

2016-07-01 13.09.18O prédio fica na região do Vale do Anhangabaú e tem uma história muito impressionante, começando pela história do Giuseppe Martinelli, seu idealizador. Martinelli, que veio da Itália em 1888, era fascinado por construção e tinha o sonho de deixar um legado na cidade de São Paulo, construindo o maior prédio da América do Sul.

2016-07-01 11.20.39-1

Em 1924, Martinelli vendeu todos os seus navios e comprou o centenário Café Brandão, ponto de encontro famosíssimo na cidade. Em seguida, mandou derrubar e aí começou o seu plano megalomaníaco. Inicialmente, o prédio deveria ter 14 andares, mas o empresário foi querendo mais e mais. Em um determinado ponto da construção, ele ficou sabendo que o Edifício A Noite no Rio de Janeiro iria ultrapassá-lo, e foi quando ele mandou construir um palacete de 5 andares, uma verdadeira mansão no topo, a Vila Martinelli.  O prédio ficou então com 30 andares, 105 metros, 960 salas, 247 apartamentos e 580 mil toneladas.
2016-07-01 11.23.50

As obras do Martinelli foram embargadas algumas vezes, e os jornais noticiavam que o prédio era um perigo e podia cair a qualquer momento, a um ponto em que os pedestres passaram até a desviar dali. Para tentar reverter a situação, primeiro Martinelli se mudou para o alto do prédio com a família e depois, fez uma aliança com o Chatô e criou um teste estrutural noticiado pelos seus jornais durante 7 dias. E assim ele comprovou a solidez e segurança do prédio.

 Irmo Celso
Irmo Celso

No seu ápice, o prédio tinha como inquilinos o Palmeiras, a Portuguese, jornais, sindicatos, Hotel São Bento, cinema, etc. Porém, a construção do prédio deixou o Martinelli com problemas de dinheiro, e ele acabou vendendo o edifício para o governo da Itália em 1934. Em 1943, com a declaração de guerra do Brasil ao eixo, todos os bens italianos foram confiscados e o Martinelli passou a ser propriedade da União, tendo inclusive sido rebatizado com o nome de Edifício América.

Foto: Cristina Pagnoncelli
Foto: Cristina Pagnoncelli

Na década de 70, vem mais uma parte impressionante da história do prédio: ele virou uma favela vertical, um lugar de histórias macabras, com muita venda de drogas, prostituição e assassinatos. Os elevadores já não funcionavam mais e acumulou-se 9 andares de lixo, onde, mais tarde, encontraram corpos, ossadas e fetos. Até que em 1975 o prefeito de sampa Olavo Setúbal pediu ajuda do exército para reocupar o Martinelli e iniciar sua restauração, que terminou em 1979. Desde então o prédio é sede de diversas instituições públicas de São Paulo.

https://spcity.com.br/
https://spcity.com.br/

Martinelli desejava transformar a mentalidade de uma cidade em crescimento com a arquitetura. Será que hoje em dia ele ainda faria um arranha-ceús?

VISITAS:

A entrada não é pela portaria principal, é uma entrada lateral do prédio.

Horário: Segunda à sexta: 9h30 às 11h30 ou  14:00 às 16:00

A cada meia hora o relações públicas do prédio, o Edson Cabral, conta a história toda.

Endereço: Av. São João nº 35, Centro. (Estação São Bento do Metrô – Linha 1 Azul)

ps: a History Channel também fez esse documentário “Gigantes do Brasil”, que também inclui o Martinelli.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=ryzYE8yKOLQ[/youtube]

ps- se puder, passe na CASA MATHILDE que fica bem em frente, uma confeitaria portuguesa MARAVILHOSA e que serve o melhor chá gelado de maçã que já provei.

Festival Path: o maior festival de inovação do Brasil. Vamos?

Festival Path: o maior festival de inovação do Brasil. Vamos?

por em Eventos, Inspiração

Em 2013 ouvi falar que um novo Festival estava nascendo em São Paulo, o Path. Então fui com 2 amigas passar um final de semana de muito aprendizado e uma porrada de referência. A primeira edição do Festival me impressionou, com programações paralelas incríveis que abraçavam diversos temas. Tanto é, que eu e minhas amigas […]

5 coisas para fazer em São Paulo.

5 coisas para fazer em São Paulo.

por em Lugares, Viagem

1- A Balsa R. Cap. Salomão, 26 – Centro A Balsa merecia um capítulo a parte no blog, mas vamos lá. Este lugar fica no coração do Centro da cidade, com vista para o Viaduto do Chá, o prédio do Banespa, Edifício Martinelli, o Vale do Anhangabaú e Mosteiro de São Bento.  A Balsa abre esporadicamente para eventos […]

Praça Kantuta: um pedacinho da Bolívia em São Paulo.

Praça Kantuta: um pedacinho da Bolívia em São Paulo.

por em Eventos, Geral, Lugares

Estima-se que existem em torno de 200 mil bolivianos só em São Paulo, e essa comunidade está cada vez mais ganhando força. E com essa força, esperamos encontrar mais notícias para além daquelas que denunciam o trabalho escravo dos nossos hermanos. Um exemplo de boa notícia é a Praça Kantuta, uma feira de bolivianos para bolivianos. A […]

Daybreaker- a balada matinal.

Daybreaker- a balada matinal.

por em Inspiração

De manhã sou o melhor de mim. Claro, é o único momento do dia em que você ainda não foi impactado por nada, ainda mais se você teve uma boa noite de sono. De manhã gosto muito de tomar um bom café, colocar um incenso e muitas vezes coloco umas músicas para dançar. De manhã ninguém […]

SP express – #5

SP express – #5

por em Geral, Viagem

Poucos dias em São Paulo sempre parecem uma eternidade para mim. Talvez, porque eu não pare nenhum segundinho. Dessa vez, foi a visita mais express de todas, mas, separei coisas legais que a minha querida cidade oferece. 1- Sofar Sounds Já postei aqui sobre o Sofar Sounds, um dos meus eventos favoritos de música. No […]

Me dê um conselho.

Me dê um conselho.

por em Geral

Para minha alegria, comprei o livro do Daniel Motta, chamado Me Dê um Conselho. Para quem ainda não conhece: Daniel deixou uma caixa em alguns pontos de São Paulo, escrito “Me Dê um Conselho”. Então, ele reuniu os papeizinhos que mais gostou e publicou. E olha que legal, a sobrecapa do livro se transforma em […]

Feliz sexta-feira!

Feliz sexta-feira!

por em Geral, Inspiração

Hoje é sexta-feira. Tá sol. E ainda saí para trabalhar e encontrei uma cartinha dessas, escrita em uma máquina de escrever e enviada por uma amiga muito querida! Obrigada, Gabi! Você fez muita diferença no meu dia 🙂   ps: eu tenho os melhores amigos do mundo.

São Paulo, São Paulo.

São Paulo, São Paulo.

por em Geral, Inspiração, Viagem

SP me deu a vida, minha família e muitos amigos. Me deu de presente shows, arte, cultura, bagunça, cervejas, rock, comida boa, aventuras e mil alegrias. Morei lá até os meus 3 anos e depois vim parar em Curitiba. Mas, todas as vezes que eu estou chegando na terra gigante, eu fico emocionada. Acho que temos […]