vila madalena

O casamento mais lindo que você já viu: Casaval pelas ruas da Vila Madalena.

por em Inspiração

Sábado, eu e cerca de 300 pessoas vivemos um dos momentos mais lindos da vida: tivemos a honra de participar do casamento da Silvia e do Pablo, um cortejo carnavalesco pelas ruas da Vila Madalena em pleno mês de Setembro. O casal se conheceu na rua e no dia seguinte fundou um bloco de carnaval com uma galera, por isso, não teria outro jeito de celebrar que fizesse tanto sentido.

A concentração aconteceu em uma praça, onde aconteceu a troca de alianças, e em seguida, ocupamos as ruas em um lindo cortejo até outra praça. Paramos ruas, carros, pessoas e bares com muita alegria e muita música. Antes de contar o que senti, convido vocês a assistirem o vídeo desse Casaval, muitíssimo bem feito pelo Bruno Vergueiro. Vocês nunca viram nada igual, eu juro.

[vimeo]http://vimeo.com/107624555[/vimeo]
Estar neste casamento me fez pensar em uma série de coisas. Ver a mobilização de tantas pessoas para celebrar o amor foi algo muito forte. Não é fácil testemunhar esses verdadeiros encontros. Não é fácil encontrar alguém que entre em plena sintonia de corpo, alma e planos. Por isso, quando isso acontece, esse amor é digno de ser muito, mas muito comemorado por horas a fio, com dança, música, sorrisos e…amor. Porque, não adianta negar, o amor é o que move o mundo, as praças, as ruas, os corações.
10446213_10202694177508982_6056171657882562531_o
Foto: Emiliano Capozoli Biancarelli
olha essa moldura feita de plantinhas!
olha essa moldura feita de plantinhas! Foto: Luiz Prado

Todo o casamento foi ideia da própria noiva, Silvia Strass (que faz coisas lindas!). Inclusive, o convite, que tinha confetes e uma bexiga com um papel escrito “me encha de amor”. Ao encher, você encontrava um texto emocionante e as informações. Traje? Livre e leve, óbvio. Igualzinho o amor deve ser.

6719_539262109540286_3867977096088370211_n
www.silviastrass.com

Detalhes incríveis do casório: as madrinhas foram de “fada-madrinha” com asas, o brinco que a Sil usou foi um presente do pai dela para a mãe de quando ela nasceu, o tênis que ela usou no cortejo foi o mesmo que ela usou quando conheceu o Pablo.

Como a Silvia trabalha com presentes + casamento + ideias, ela pensou em cada detalhe. Bastava ter a pulseirinha para pegar algodão-doce, pipoca, cachorro-quente e cerveja. Sim, até o pipoqueiro nos acompanhou durante todo o cortejo, ao som das batidas da bateria e da voz dos puxadores do bloco.

feito pela Sil.
feito pela Sil.

A parte que os noivos leram um texto um para o outro…eu queria que vocês estivessem lá para escutar. E na troca de alianças eu consegui me emocionar um tanto mais. A história das alianças: eles noivaram com um fio de barbante, inspirado nisso, fizeram uma aliança oficial com uma “canaleta” que abriga o barbante. Só que eles têm que trocar de tempo em tempo essa linha, então a renovação dos votos é constante. O transitório de todos os dias é que faz o etéreo.

10639603_10203293008260980_8277524065245363070_n
Foto: Rodrigo Castro Schmidt

E eu, que nunca tive o sonho de casar e não gosto de participar da parte do bouquet, fiquei paradinha lá trás e peguei. E era da cor do meu vestido. <3 Confesso que saí com vontade de casar na praça e convidar a Sil e o Pablo. 

947139_1499822776933932_6251367722091095851_n-1

foto: Chico Ferreira
foto: Chico Ferreira

Existe muito amor em S+P, em SP e dentro de todos nós. Para saber mais detalhes pela própria Sil, segue ela no Face.

ps: tem sorteio rolando aqui no Abra. é só contar pra mim com quem você gostaria de tomar um café…Frida? Patti Smith? Seu namorado?